Você já sentiu vontade de ler os pensamentos de alguma pessoa? Saber o que ela está querendo dizer quando fala alguma coisa que você não entendeu muito bem? Ou desvendar aquele ar de mistério, que você nãos consegue entender de jeito nenhum? Sabia que isso é possível através da linguagem do corpo? Isso mesmo, você tem a possibilidade de entender o que as pessoas sentem ou estão pensando através dos movimentos que o corpo dela pode ter.

A linguagem do corpo é a forma de criar uma comunicação não verbal, permitindo que o corpo expresse os sentimentos por meio de gestos, expressões faciais e postura. Mas tome cuidado, a linguagem corporal pode expressar coisas inconscientemente, aquilo que você não gostaria de transmitir e que preferia ficar só para você.

E esta, é a maior diferença entre a linguagem corporal e a expressão corporal. A linguagem transmite sinais consciente e inconsciente do corpo, enquanto a expressão corporal, somente os conscientes, aqueles que você realmente quer transmitir.

Neste artigo, vamos conhecer o que é linguagem corporal e aprender como se decifra alguns sinais emitidos pelo corpo da pessoa que está conversando com você, para que possamos lê-las também pelos seus gestos. Se você quiser saber mais sobre expressão corporal, confira ou relembre neste outro artigo. 

A linguagem corporal está muito presente no nosso dia e tenho certeza que você consegue percebe-la mais do que imagina. Quer ver só?

Uma pesquisa realizada pela UCLA, Universidade da Califórnia em Los Angeles, mostrou que apenas 7% da comunicação é baseada nas palavras que falamos, 38% em cima do tom de voz, e o restante em linguagem corporal, 55%.

A manifestação desta linguagem cerebral é feita através do neocórtex, embora o cérebro também se utilize do sistema reptiliano, que é responsável pelo controle das funções corporais e regulas as necessidades de sobrevivência e os movimentos involuntários, como as batidas do coração, a digestão, a respiração e os ciclos de reprodução humana.

Assim podemos perceber que a linguagem do corpo não está presente só nas pessoas e sim, também, no reino animal, pois, com a convivência, você acaba sabendo exatamente o que seu bichinho tá querendo sem ele falar nenhuma palavra, não é mesmo?

A linguagem corporal vem sendo estuda há muito tempo pela Kinésica ou Quinésica. Esta ciência estuda o significado expressivo e comunicativo dos gestos e movimentos percebidos através da visão, da audição e do tato, de acordo com cada situação.

Linguagem do corpo

a linguagem do corpo
Vamos entender, agora, alguns sinais que podem dizer muita coisa. Lembre-se, se você conseguir aprender a desvendar os 55% da comunicação que o corpo transmite, com certeza, estará na frente de muitas outras pessoas que ainda não desenvolveram esta técnica. Então vamos lá.

1 – Postura corporal
A postura que o nosso corpo vai adquirindo conforme conversamos com alguém, exprime muitos significados. Ela pode facilitar o caminho na hora da conquista, melhorar nossa qualidade de expressão e nos ajudar a entender quem está próximo de nós.

Neste caso, podemos falar de posturas abertas ou fechadas. Postura aberta são aquelas onde não existe barreiras como braços e pernas entre o comunicador e o comunicado. As posturas fechadas, é quando os braços cruzados são usados para se isolar do interlocutor e proteger seu corpo, isto acontece na maioria das vezes involuntariamente, sem percebermos que estamos tendo esta atitude.

Vou listar algumas sugestões de posição que são usadas de acordo com cada situação.

• Situações competitivas: quando os corpos estão frente a frente
• Situações de ajuda: quando os corpos estão uma ao lado do outro
• Situações de diálogo: quando os corpos estão em ângulo reto

2 – Postura da cabeça
Você terá condições de entender o que a pessoa que está se comunicando com você está sentindo somente pela posição de sua cabeça.

• Negação: quando a cabeça se move, repetidamente, de um lado para o outro;
• Consentimento: quando a cabeça se move para cima e para baixo;
• Examinador: quando a cabeça se move para cima;
• Interesse: quando a cabeça fica inclinada lateralmente;
• Desaprovação ou uma atitude negativa: quando a cabeça fica inclinada para baixo.

3 – Postura dos braços
Os braços também têm uma função importante quando se quer entender a linguagem corporal de alguém. A forma como os braços são colocados podem te passar algumas sensações.

• Insegurança e uma postura defensiva – quando a pessoa está com os braços cruzados de foram standard.
• Defesa e hostilidade – quando os braços estão cruzados e os punhos fechados.
• Restrição – quando os braços estão cruzados e segurando um ao outro.

4 – Postura das pernas
Confira o que as pernas podem falar a respeito do que a pessoa está sentindo, dependendo de como estiverem cruzadas.

• Defensiva – quando as pernas estão cruzadas de forma standard.
• Concorrência e discussão – quando as pernas estão cruzadas em quatro, tipo índio.
• Desconforto e tensão – quando as pernas estão cruzadas mesmo se a pessoa estiver em pé.
• Dissimular uma atitude negativa – quando os calcanhares estiverem cruzados.

5 – Mais alguns detalhes sobre a postura e a linguagem do corpo que você precisa saber:

• Se a pessoa com quem você está conversando se inclina demais na sua direção, ela poderá estar invadindo o seu espaço pessoal. Isto não pode acontecer quando ainda não existir muita intimidade e confiança entre vocês, pois pode parecer muito agressivo para um início de uma conversa.

• Já vimos que braços cruzados é um sinal bem importante. Por isso, manter os braços nesta posição é um sinal de afastamento e significa que a pessoa não quer se aproximar, que não está segura em relação a você e que não está se sentindo muito bem com a situação ou com a conversa.

• Uma postura recolhida significa tédio, que a conversa está chata, entediante. O bom é trocar o assunto o mais rápido possível para que o papo continue fluindo.

• Manter uma posição relaxada, com braços e pernas abertas pode demonstrar que a pessoa está super segura e autoconfiante diante do assunto que está sendo exposto.

• Aquelas que tendem a se aproximar demais ou com o corpo uma pouco mais rígido do que o normal, pode estar demonstrando agressividade. Portanto, tome cuidado.

• Se a pessoa que você está interagindo mostrar uma postura erguida, ela está demonstrando segurança, valor e importância no que ela está falando ou fazendo.

• Se ela está com as mãos na cintura, está propondo um desafio ou alguma agressividade. Preste atenção no contexto da conversa para poder identificar.

• Se quando ela conversa, seus polegares estão na cintura ou no bolso da calça, ela pode estar passando uma sensação de virilidade.

• Se você percebe que durante a conversa, várias vezes ela faz alguma indicação com o dedo, pode estar propondo um desafio a você.

A linguagem do corpo

a linguagem do corpo
Cinco dicas infalíveis da linguagem corporal:

1 – Quando a pessoa mente seu corpo muda. Ela tende a piscar, passa a mão no rosto, na boca, orelha, nariz, olhos e nos cabelos, a voz fica embargada e ela fica simulando tosses durante a conversa.

2 – Quando existe um interesse da mulher pelo homem, ela tende a deixar a orelha à mostra, principalmente as mulheres com cabelos longos, que costumam colocar o cabelo atrás das orelhas e fica com elas em direção ao pretendente.

3 – As mulheres ainda fazem mais alguns gestos na hora que quer seduzir um homem. Coisas como rodear a taça ou o copo que está bebendo alguma coisa e fica se tocando de uma maneira geral, sem perceber, como se estivesse pedindo carinho.

4 – Quando estiver conversando, prefira uma posição a 54º da pessoa, evitando ficar totalmente de frente com a outra pessoa. Se preferir, fique de canto a 90%.

5 – Quando você ver um casal andando de mãos dadas, observe quem está com a palma da mão para trás, ele é dominante da relação.

Diante de todas essas informações você pode copiar alguma destas linguagens corporais quando estiver conversando com alguém e quiser expressar alguma coisa discretamente. Isso é algo bom, pois vai te ajudar a transmitir melhor a mensagem. Vamos ver um exemplo bem claro.

Você já esteve em uma reunião com alguém e percebeu que todas as vezes que você cruzou e descruzou as pernas e pessoa com quem você estava conversando fez o mesmo? Ou ele mexeu e inclinou a cabeça assim como você fez em determinado momento? Isso na realidade é um bom sinal.

Espelhar a linguagem do corpo é algo que muitas vezes fizemos e nem percebemos que estamos fazendo e isso ocorre quando sentimos uma ligação com a outra pessoa. É um sinal que o diálogo está indo bem e que a outra pessoa está recebendo bem a sua mensagem.

Isto é de extrema importância quando a reunião é de negócio, pois mostra que a outra pessoa está pensando sobre um acordo. Ou quando se trata de uma sedução, em que seu alvo está caindo nos seus encantos.

Bom, vou ali me olhar no espelho e ver como fica minha linguagem do corpo quando estou conversando e já volto.

Gostou do artigo? então compartilhe!

Shares

Artigos relacionandos

Deixe seu comentário

Receba mais dicas como essa antes que todo mundo!

Digite seu melhor e-mail abaixo e clique no botão, simples assim!

Parabéns! Agora você receberá as nossas dicas em primeira-mão!